Quantcast
EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Cultura

Biblioteca Municipal de Ponte da Barca com empréstimo domiciliário

Ana Silva

29 Janeiro 2021, 9:02

Acessibilidade

Publicidade

A Biblioteca Municipal de Ponte da Barca, para garantir produtos literários, entre outros, aos seus utilizadores, volta a apostar no empréstimo domiciliário. Com o intuito de não tirar os livros aos leitores, o equipamento cultural do município barquense encontra-se de portas fechadas, mas ao mesmo tempo abertas para a requisição dos mesmos.

O diretor da Biblioteca Municipal de Ponte da Barca, Arsénio Dias, explicou à Rádio Alto Minho o processo do empréstimo domiciliário, destacando que o mesmo pretende o menor contacto possível por causa da pandemia da Covid-19. “Em primeiro lugar as pessoas consultam o nosso catálogo, nomeadamente para verificarem se aqui existe a obra pretendida e depois entram em contacto connosco a partir do email ou do número de telefone. Consoante o pedido e a marcação de entrega, nós preparamos o livro e entregamos o mesmo à porta, e, nesse sentido, o utilizador não entra no espaço. Depois, quando o produto é devolvido, ele fica em quarentena”.

Para garantir uma maior segurança para os funcionários da Biblioteca Municipal de Ponte da Barca e para os próprios leitores, os livros passam por um processo de desinfeção e de quarenta, como explica o bibliotecário barquense, destacando que o mesmo é colocado num saco, acabando por “ficar nove dias em quarentena”.

Apesar de o sistema da Biblioteca Municipal de Ponte da Barca se basear mais no empréstimo domiciliário, o equipamento cultural também está a apostar num take- away literário, nomeadamente nos casos em que os leitores não conseguem se dirigir ao local. “Nós temos levado os produtos a casa de pessoas que não conseguem se deslocar até cá”, demonstra Arsénio Dias.

Com o interior interdito aos utilizadores, muitas atividades tiveram que ser canceladas ou adaptadas perante as circunstâncias, como acontece com as já habituais sessões de leitura para o público infantil em que as mesmas passaram ser gravadas e distribuídas a partir das ferramentas online, sendo que “nesta fase só estamos a funcionar com o empréstimo domiciliário e com as leituras para as crianças”, exemplifica o elemento da direção da biblioteca barquense, Arsénio Dias.

As mudanças na biblioteca não se verificaram só ao nível da requisição e usufruto das atividades lúdicas e recreativas da mesma. Também foi necessário proceder a mudanças laborais, como, por exemplo, “a mudança dos horários e a criação de turnos para os funcionários, criados para permitir um desfasamento entre os funcionários”, acrescenta Arsénio Dias.

Todo o funcionamento da Biblioteca Municipal de Ponte da Barca encontra-se inserido nas diretivas e planos de contingência da DGS e da própria Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Biblioteca.

Foto: Biblioteca Municipal de Ponte da Barca

 

 

 

 

 

 

 

Publicidade

Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - Electric Move 01
Rádio Alto Minho - Decisões e Soluções

Publicidade

Rádio Alto Minho - Perspetiva [João] (notícias)
Rádio Alto Minho - E-redes
Rádio Alto Minho - 100% ProAuto

APP ALTO MINHO

APP - Rádio Alto Minho

Comentários

Publicidade