Quantcast
EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Showbizz

Artista vianense convidada para colaborar em projeto francês

Ana Silva

30 Janeiro 2021, 14:15

Acessibilidade

Publicidade

A artista Tânia Carvalho, natural de Viana do Castelo, encontra-se a criar uma peça para o Ballet Nacional de Marselha, no âmbito do convite para participar num projeto dinamizado pelo grupo (LA) Horde. A iniciativa conta também com a colaboração de mais três coreógrafas que estão a desenvolver trabalhos autônomos, como Lucinda Childs, Lasseindra Ninja e Oona Doherty.

O espetáculo tem a estreia marcada no equipamento cultural francês para o próximo dia 31 de março e o mesmo também irá marcar os palcos do Teatro du Châtelet, Paris, este marcado para os dias 8 e 11 de abril.

A participação no que pode ser considerado como sendo um programa que mescla a vertente da “vanguarda da dança pós-moderna” e do “pioneiro francês da cultura do baile” teve duas vertentes postas na mesa:  recriar uma peça já existente ou criar um trabalho novo. A artista portuguesa ligada ao mundo da dança optou por trabalhar numa criação original por preferir interagir com os bailarinos a partir das suas especificidades. “Ao conhecer os bailarinos decidi que queria fazer algo novo, tendo em conta que os achei muito criativos e o facto de eu gostar muito de fazer criações pesou na decisão. Nesse sentido, senti vontade de criar algo novo para explorar os dançarinos, sem passar por um trabalho que já existia”, explica Tânia Carvalho

Apesar de Tânia Carvalho considerar difícil descrever um trabalho ligado ao mundo da dança em palavras, a coreógrafa e bailarina contou algumas das caraterísticas do trabalho que está a desenvolver à Rádio Alto Minho, destacando que a peça é dividida em dois momentos principais, nomeadamente caraterizados pelo uso da dança e do teatro. Outro facto presente no momento cultural prende-se com a utilização de música original.

O projeto que será apresentado no Ballet Nacional de Marselha é composto pela apresentação de quatro peças independentes entre si, apesar de partilharem caraterísticas semelhantes, sendo que Tânia Carvalho ainda não viu os outros espetáculos “e o programa tem quatro coreografias e não existe interferência entre nós, visto que é tudo separado”.

Tânia Carvalho é natural de Viana do Castelo, tendo desenvolvido trabalhos ligados ao mundo da dança, como as criações Danza Ricercata, Olhos Caídos, entre outros. A área musical também foi trabalhada pela artista, destacando-se Madmud, Trash Nymph, Moliquentos e Bomba Suicida. Em 2018, os 20 anos de carreira foram celebrados com um Ciclo Tânia Carvalho, organizados pela Companhia Nacional de Bailado, pelo Maria Matos Teatro Municipal e pelo São Luiz Teatro Municipal, sendo que, no ano a seguir, Viana do Castelo condecorou a vianense com a distinção de Cidadã de Mérito de Viana do Castelo.

 

 

Publicidade

Rádio Alto Minho - Decisões e Soluções
Rádio Alto Minho - Electric Move 01
Rádio Alto Minho - Census – noticia

Publicidade

Rádio Alto Minho - 100% ProAuto
Rádio Alto Minho - Perspetiva [João] (notícias)
Rádio Alto Minho - E-redes

APP ALTO MINHO

APP - Rádio Alto Minho

Comentários

Publicidade